Atores, músicos e atletas famosos vivem menos, diz estudo



A fama realmente tem um preço, de acordo com um estudo recém-publicado em um periódico médico. Uma análise sobre a vida e a morte de 1.000 pessoas de sucesso detectou que popstars, atletas e atores são mais propensos a viver menos. E eles morrem sete anos e meio antes que outros indivíduos que se deram bem na vida.

A partir de informações de obituários do jornal americano New York Times, publicados entre 2009 a
2011, pesquisadores australianos provaram que personalidades como Elvis Presley, Jimmy Hendrix e Jim Morrisson estão longe de ser a exceção. As mortes precoces estão ligadas a acidentes, doenças infecciosas como o HIV e câncer.

A análise mostrou que artistas performáticos, como atores e cantores, são os que morrem mais cedo, com uma média de 77 anos e 1 mês. Na outra ponta estão os militares famosos, com média de 84 anos e 8 meses. Homens de negócios e políticos também apresentaram médias acima dos 80.
Os atletas também se saíram mal na pesquisa, com 77 anos e 5 meses de vida, em média, assim como os escritores, que alcançaram a média de 78 anos e meio.

Segundo o trabalho, publicado na edição online do periódico QJM: An International Journal of Medicine, as mortes por câncer de pulmão, associadas ao fumo, foram muito comuns no artistas.
Os autores comentam que jovens à beira da fama muitas vezes são obrigados a escolher entre explorar os potenciais da carreira ao máximo ou ter uma vida saudável.

Os autores levantam possibilidades como a tendência a cometer muitos excessos durante a fase de sucesso, e de se automedicar depois. Para o professor Richard Epstein, do setor de oncologia do St Vincent Hospital, de Sydney, os resultados servem de alerta para quem pretende ficar famoso.
Uma outra análise recente feita por pesquisadores britânicos com estrelas de rock mostrou que muitos dos que morrem cedo foram abusados quando menores. Segundo os autores, o jeito "rock and roll" de ser costuma ser atraente para quem teve uma infância infeliz.

Tags: fama, celebridades, popstars, sucesso, atletas, morte, doença, câncer, automedicar, pesquisadores britânicos, rock and roll, Elvis Presley, Jimmy Hendrix e Jim Morrisson, New York Times.

Mais sobre celebridades
 

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!


Encontrou o que procurava? O blog lhe foi útil? Então, curta o Yesachei no Facebook!

2 comentários :

Eronides Muniz De Freitas disse... [Responder comentário]

Isto para mim não tem logica viver até 77 anos já ta ótimo,para mim é normal morrer com esta idade.

Iran Marcelo Menegazzo do Vale disse... [Responder comentário]

doenças infecciosas como o HIV e câncer?

Postar um comentário

Atenção!

Faça seu comentário, mas sempre com responsabilidade, caso contrário, ele não será publicado!

Não serão aceitos comentários que denigram pessoas, raças, religião, marcas e empresas.

Sua opinião é importantíssima para o crescimento do blog. Portanto, comente, o blog agradece!

2leep.com