Por que as pessoas fumam?



Vários são os fatores que levam as pessoas a experimentar o cigarro ou outros derivados do tabaco. A maioria delas é influenciada principalmente pela publicidade maciça do cigarro nos meios de comunicação de massa que, apesar da lei de restrição à propaganda de produtos derivados do tabaco sancionada em dezembro de 2000, ainda tem forte influência no comportamento tanto dos jovens como dos adultos. Além disso, pais, professores, ídolos e amigos também exercem uma grande influência.

Pesquisas entre adolescentes no Brasil mostram que os principais fatores que favorecem o tabagismo entre os jovens são a curiosidade pelo produto, a imitação do comportamento do adulto, a necessidade de auto-afirmação e o encorajamento proporcionado pela propaganda. Noventa por cento dos fumantes iniciaram seu consumo antes dos 19 anos de idade, faixa em que o indivíduo ainda se encontra na fase de construção de sua personalidade.

A publicidade veiculada pelas indústrias soube aliar as demandas sociais e as fantasias dos diferentes grupos (adolescentes, mulheres, faixas economicamente mais pobres etc.) ao uso do cigarro. A manipulação psicológica embutida na publicidade de cigarros procura criar a impressão, principalmente entre os jovens, de que o tabagismo é muito mais comum e socialmente aceito do que é na realidade. Para isso, utiliza a imagem de ídolos e modelos de comportamento de determinado público-alvo, portando cigarros ou fumando-os, ou seja, uma forma indireta de publicidade. A publicidade direta era feita por anúncios atraentes e bem produzidos, mas foi proibida no Brasil. Com a Lei 10.167, que restringe a propaganda de cigarro e de produtos derivados do tabaco, esse panorama tende a mudar a médio e longo prazo.

Os resultados das medidas de restrição à publicidade no controle do tabagismo em vários países mostram que este é um instrumento legítimo e necessário para a redução do consumo.





Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!


Encontrou o que procurava? O blog lhe foi útil? Então, curta o Yesachei no Facebook!

7 comentários :

Samanta Sammy disse... [Responder comentário]

Olá !!!

Depois de uma longa ausência, cheguei !!!
Este é um vício maldito, digo por experiência própria pois fumo a uns 10 anos ! Tudo começou com uma amiga que me ofereceu um dia numa balada e depois eu fumava um aqui, outro ali, e no fim, estava fumando todos os dias...
Sempre pratiquei esportes e gosto de ter uma vida saudável, mas tenho muitas dificuldades em largar o vício... sei o quanto me faz mal mas é uma dependência fortíssima, por isso aconselho a nunca experimentarem !
E concordo que a mídia ilude muito as pessoas como no caso dos adolescentes... realmente é necessário muitas restrições quanto a isso !

Um enorme abraço e bom restinho de semana !!

Agregador Toneladas disse... [Responder comentário]

Boa noite,

Já enviou seu link para o Agregador Toneladas hoje?

Já conhece nossa Promoção?

Confira isso tudo e mais!!!
http://www.toneladas.blog.br

Elizeu Timóteo Pereira disse... [Responder comentário]

Olá Sam!

Que ótimo que voltou!!! rsrsrs...sempre será bem-vinda!

Olha Sam, eu confesso que já experimentei quando era mais jovem alguns cigarros, mas graças a Deus não viciei. Minha mãe fuma há muitos anos e eu gostaria muito que ela abandonsse este vício maldito e desnecessário! Torço que você se esforce e consiga abandonar este mal da sua vida o quanto antes!

Eu tenho uma cunhada que fumava a mais ou menos uns trinta e cinco anos, e ela sempre dizia que preferia morrer a abandonar o cigarro. Contudo, quando esteve próximo do vale da morte abandonou o cigarro imediatamente, e hoje não suporta nem ficar perto de um fumante.

Abração querida, obrigado por comentar e ótima semana!

Anônimo disse... [Responder comentário]

Eu sou uma pessoa que fuma somente quando se tem cigarro na roda, mas eu tenho que ter bebido alguma coisa. Mas nunca comprei uma maço para fumar sozinho.

Liberdade disse... [Responder comentário]

Os grandes problemas do vício do fumo são alguns:
- Como todos devem saber, o organismo tem uma enorme dificuldade em apagar a "memória química" produzida pela nicotina. Segundo os especialistas, é mais difícil de se apagar do que a da própria cocaina.
Outro fato grave é que, como diz a psicologia, a "punição a longo prazo", não funciona, portanto, trocar o sofrimento da abstinência da nicotina pela promessa futura de uma melhor saúde, realmente não é fator de motivação para ninguém.
Tudo isto aliado ao "prazer" proporcionado pela nicotina, especialmente diante de algumas "ambientações" como uma balada, por exemplo. Além disto tudo, o stress do cotidiano, torna quase impossível largar do vício do fumo.
Eu fumei por 20 longos anos, embora praticasse a pesca submarina que me fazia depender muito de meu folego, e que, em tese, poderia ser um fator motivador para afastar-me do vício, somente consegui deixar do cigarro quando resolvi avaliar a "força" de minha personalidade e o poder sobre o meu autocontrole.
Desejo boa sorte a todos os fumantes, embora a promessa futura para todos eles não seja de "sorte" e nem de felicidade...

José Carlos Fausto Narciso

Elizeu Timóteo Pereira disse... [Responder comentário]

Olá José Carlos, boa tarde!

Pois é, Liberdade como você salientou muito bem em seu comentário, largar o vício do tabaco, não é realmente uma coisa fácil. Como eu já citei no comentário acima, gostaria muito que minha mão abandonasse este vício, mas está difícil. Entretanto, acredito que quando desejamos algo e temos convicção do que realmente queremos para nossas vidas, com esforço e determinação geralmente alcançamos aquilo que almejamos.

Obrigado pelo seu ótimo comentário, e volte sempre!

Elizeu Timóteo Pereira disse... [Responder comentário]

Olá!

Olha, se você ainda não adquiriu vício, acredito que seria melhor você nem fumar mais.

Abraço.

Postar um comentário

Atenção!

Faça seu comentário, mas sempre com responsabilidade, caso contrário, ele não será publicado!

Não serão aceitos comentários que denigram pessoas, raças, religião, marcas e empresas.

Sua opinião é importantíssima para o crescimento do blog. Portanto, comente, o blog agradece!

2leep.com