Será que estou estressada?



Muitas vezes nem percebemos que nosso estado de espírito e nosso organismo estão sob o impacto do estresse. As pessoas com quem convivemos percebem essas alterações com mais clareza do que nós mesmos. A lista que se segue vai ajudar você a deter­minar se está ou não estressada.

Veja se algum destes sinais se aplica a você:

1- As pessoas andam se queixando de que você vive de mau humor, irritada, distraída ou estressada.

2- Você tem freqüentemente dores nas costas, no pescoço ou nos ombros, sem que tenham sido causadas por nenhum acidente ou mau jeito.

3- Você tem sentido muitas vezes dores de cabeça que surgem sem motivo algum.

4- Você tende a rilhar os dentes" ou tem sentido o maxilar inferior constantemente dolorido.

5- Você sente freqüentemente o estômago embrulhado, um mal-estar que nada tem a ver com seus hábitos de alimentação ou com alguma doença.

6- Você percebe um significativo aumento ou diminuição do apetite.

7- Recentemente, seu sono sofreu alterações (insônia, excessiva sono­lência, pesadelos ou "incidentes" noturnos que deixam a cama molhada).

8- Você vive simultaneamente alguns desses processos: ansiedade crô­nica, medo, raiva, preocupações relativas ao tempo, irritabilidade ou sentimento de culpa.

9- As pessoas lhe sugerem o tempo todo que "relaxe" ou "vá com calma".

Se você apresenta três ou mais dos sintomas acima, deve estar sofrendo de uma reação inadequada ao estresse da vida diária. Cada um reage às cir­cunstâncias da vida ao seu próprio modo. Para uma determinada pessoa, o fato de ser escolhida para desempenhar um papel em uma peça de teatro na escola pode constituir um grande estressor, enquanto que, para outra, pode significar um enorme prazer!

Na realidade, é praticamente impossível fugir do estresse. Além disso, às vezes o estresse se constitui em um fator de gran­de motivação, que "empurra" você em direção à conquista de seus objetivos ou ao auto-aperfeiçoamento.

O estresse e a tensão que ele causa somente se tomam um problema quando afetam negativamente a saúde e interferem na alegria de viver. Converse com seus pais ou com o coordenador pedagógico da escola se estiver tendo dificuldade para dormir ou dores físicas causadas pelo estresse. Você não precisa sofrer des­necessariamente por causa do estresse, e com certeza não precisa sofrer em silêncio!


Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!


Encontrou o que procurava? O blog lhe foi útil? Então, curta o Yesachei no Facebook!

5 comentários :

Paulo Augusto disse... [Responder comentário]

Excelente gerador de visitas para blogs.

Cadastre seu blog aqui: www.zeemp.com

Anônimo disse... [Responder comentário]

OMG!! 0_0 Só a última coisa q ñ anda acontecendo cmg.

Tati disse... [Responder comentário]

Aiiii eu estou com todos esses sintomas.... essa correria do dia-a-dia ainda nos mata né...
Mto bom seu post... parabéns!!!


http://tatiesteticista.blogspot.com

Elizeu Timóteo Pereira disse... [Responder comentário]

Olá!
Vixi! Então vc está estressado(a)!rsrsrs...
Abraço.

Elizeu Timóteo Pereira disse... [Responder comentário]

Olá Tati!
É verdade. Essa correria não é fácil mesmo!

Obrigado, e volte sempre!

Postar um comentário

Atenção!

Faça seu comentário, mas sempre com responsabilidade, caso contrário, ele não será publicado!

Não serão aceitos comentários que denigram pessoas, raças, religião, marcas e empresas.

Sua opinião é importantíssima para o crescimento do blog. Portanto, comente, o blog agradece!

2leep.com