Respirar direito: controlar a inspiração e expiração diminui estresse e ansiedade



Uma das ações mais básicas do ser humano, o ato de respirar, vai além de uma questão de sobrevivência. Não se trata apenas de puxar e soltar o ar de forma mecânica. Ter controle sobre a inspiração e a expiração, se­gundo os médicos, é extremamente benéfico, pois ajuda a prevenir uma série de doenças. O primeiro passo é respirar sempre pelo nariz. - "Isso é fundamental para uma boa saúde. O oxigênio precisa passar pelo nariz, que filtra, aquece, umidifica e pressu­riza o ar inspirado, deixando-o na for­ma adequada para ser recebido pelos pulmões", explica o ortodontista e or­topedista facial, Gerson Kôhler.


Entre as consequências da respi­ração bucal para o organismo estão alterações ortodônticas (dentes tor­tos) e ortopédicas da face, distúrbios do sono, mau hálito, danos à me­mória e à concentração, aumento da pressão arterial, dor torácica, do­enças cardiovasculares, redução do hormônio do crescimento, resistên­cia à insulina, cefaleia, diminuição da libido e obesidade.

Segundo os especialistas, normal­mente a respiração bucal tem início na infância, quando a criança sofre com amígdalas palatinas, adenoide ou rinite. As obstruções nasais tam­bém ocorrem em adultos com desvio de septo nasal, por exemplo. Por causa da resistência nasal à passagem do ar as pessoas não conseguem res­pirar pelo nariz e usam a boca.

Para resolver o problema, vale consultar um otorrinolaringologis­ta. Dependendo do caso, visitas ao ortodontista, fonoaudiólogo e alergista também po­dem ser necessárias.

A respiração pode ainda ser uma grande aliada para controlar sintomas do estresse, ansiedade e depressão, apontam os médicos. "Ter domínio da respiração ajuda a ativar o sistema nervoso parassimpá­tico, que é o responsável pelo relaxamento. Existem diver­sas técnicas que ajudam a relaxar e ao mesmo tempo a tratar muitos problemas agravados pelo estresse", explica a psicóloga portuguesa Ana Almeida Melikian.

Ela sugere que sempre que uma  pessoa estiver se sentindo acelerada ou angustiada, pare para observar como está respirando e aproveite para fazer um exercício para acalmar (tente a técnica indicada abaixo). "O nosso dia a dia é muito corrido. Estamos sempre atrasados e nos irritamos facilmente. Quando nos damos conta, estamos fazendo respirações curtas e muito rápidas", constata Ana.

Técnicas para relaxar:
  • Solte o ar completamente pela boca
  • Feche a boca e inspire atrvés do nariz contando mentalmente até 4
  • Segure o ar nos pulmões contando até 7
  • Solte o ar completamente pela boca contando até 8
  • Repita este ciclo 3 vezes

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!


Encontrou o que procurava? O blog lhe foi útil? Então, curta o Yesachei no Facebook!

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção!

Faça seu comentário, mas sempre com responsabilidade, caso contrário, ele não será publicado!

Não serão aceitos comentários que denigram pessoas, raças, religião, marcas e empresas.

Sua opinião é importantíssima para o crescimento do blog. Portanto, comente, o blog agradece!

2leep.com