Depressão e obesidade



A depressão é geralmente rela­cionada à falta de apetite e ao emagrecimento, mas nem sempre isso ocorre. Há indivíduos que engordam quando deprimidos. Neles o problema às vezes está mas­carado por outros sintomas, como a compulsão alimentar e a falta de disposição para se movimentar, que, no final das contas, contribuem para os quilos extras.

Além disso, boa parte dos antide­pressivos pode levar a um aumento no peso. Acredito ser importante abordar este assunto, pois trata-se de uma doença séria e freqüente. Dessa forma, deve ser conhecida para que se tente encontrar uma solução.

O elo entre depressão, remédios para tratá-la e eventual ganho de pe­so mostra que a obesidade é um mal muito mais complexo do que se imagina, com várias causas. Nesse caso específico, sua origem é um desbalanceamento de substâncias chamadas de neurotransmissores ­elas atuam no cérebro, sinalizando sensações de fome ou de saciedade. Seu desequilíbrio, associado com a depressão ou com antidepressivos, pode pro­vocar a obesidade.

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!


Encontrou o que procurava? O blog lhe foi útil? Então, curta o Yesachei no Facebook!

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção!

Faça seu comentário, mas sempre com responsabilidade, caso contrário, ele não será publicado!

Não serão aceitos comentários que denigram pessoas, raças, religião, marcas e empresas.

Sua opinião é importantíssima para o crescimento do blog. Portanto, comente, o blog agradece!

2leep.com