A formação dos diamantes



Os diamantes são valiosos por sua raridade, pois somente se formam sob condições de calor e pressão intensos, em pro­fundidades de 95 a 150 quilômetros do manto superior. As pedras preciosas são constituídas de carbono, às vezes bem macio, como no grafite. Mas a temperaturas de 1.650 graus e pressões de 50.000 a 100.000 atmosferas (atm), o carbono se comprime e se converte em uma estrutura dura e cristalina.


Os diamantes ocorrem principalmente no kimberlito - ro­cha abundante
 nas minas de Kimberley, na África do Sul-, que se forma em estruturas estreitas, semelhantes a chami­nés, que são empurradas para a superfície com rapidez pela ação vulcânica e por altas pressões de gás.


Onde os diamantes ocorrem



O gráfico à esquerda mostra as pressões e tempe­raturas que permitem a formação de diaman­tes. Tais condições são encontradas no manto superior
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



Formação das chaminés

De acordo com uma teoria existente, ()s diamantes se formam em chaminés vulcânicas no manto (1). Um a explosão de gás (2) arrasta rapida­mente o magma de kimberlito con­tendo diamantes para a superfície (3), onde em pouco tempo ele esfria. Muitas toneladas de minério de kim­berlito devem ser processadas para encontrar apenas alguns diamantes.





A chaminé de kimberlito  

Um corte transversal de uma cha­miné de kimberlito na África do Sul (abaixo, à direita) mostra materiais que extravasaram há cerca de 70 milhões de anos, quando a camada atual da superficie estava a mais de 1 quilômetro de profundidade. A base da chaminé pode se estender até o manto superior. Além dos dia­mantes, a matriz de kimberlito con­tém fragmentos de rocha do manto superior que permanecem pratica­mente em seu estado original, sem ser afetados pelo calor. A presença de tais rochas sugere que o kimber­lito irrompeu através das formações rochosas circundantes, arrastando consigo esses fragmentos, em sua impetuosa viagem até a superfície.
                                                         


 






 

Este poço na África do Sul foi uma chaminé de kimberlito explorado até se esgotar, em 1914.

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!


Encontrou o que procurava? O blog lhe foi útil? Então, curta o Yesachei no Facebook!

1 comentários :

Cardoso Fernandes Divulgador disse... [Responder comentário]

Como fabricar diamantes?
http://cardosodivulgador.blogspot.com.br/


Maquina de fazer Diamante. Eu criei meu próprio Diamante nessa pequena maquina é inacreditável não é? Pois é possível sim pode acreditar! E essa maquina foi eu mesmo que desenvolvi desafiando a Ciência em si até onde eu pude alcançar, e pode ter certeza ,eu pretendo ir mais além do que eu já fui.
Eu, Cardoso criei meu próprio diamante sintético a partir do gráfíte agora crie seu diamante do cabelo ou do gráfíte ,
quem imaginou que um dia seu cabelo poderia virar um diamante? Um Diamante leva milhões de anos para se formar, hoje a Ciência consegue produzi-lo em cerca de um mês, é inacreditável mais acredite que isso é possível ! Pretendo ampliar mais, meus conhecimentos para que um dia eu possa criar outro diamante ainda maior do que o que eu criei. Se você tiver alguma ideia melhor para melhorar meus conhecimentos deixe um comentário. Atenciosamente agradeço, Cardoso.
http://1.bp.blogspot.com/-xSPC4det9mA/UB8YxMU9UQI/AAAAAAAAAJA/5YViMxPy4h0/s200/Foto0010.jpg

Postar um comentário

Atenção!

Faça seu comentário, mas sempre com responsabilidade, caso contrário, ele não será publicado!

Não serão aceitos comentários que denigram pessoas, raças, religião, marcas e empresas.

Sua opinião é importantíssima para o crescimento do blog. Portanto, comente, o blog agradece!

2leep.com