Falha de San Andreas



Ziguezagueando por quase 1.400 quilômetros, através das regiões densamente povoadas do li­toral da Califórnia, nos Estados Unidos, a falha de San Andreas é uma das falhas transforman­tes mais famosas do mundo. Ela delineia uma divisa na qual a placa do Pacífico, carregando uma pequena lasca de crosta continental, raspa na placa Norte-Americana. Esse movimento cau­sa freqüentes terremotos.

Nem sempre houve uma falha naquele lugar.
Anteriormente, existia ali uma fossa oceânica, engolindo uma antiga placa, chamada Farallon, que estava presa, como o recheio de um sanduí­che, entre as placas Pacífica e Norte-Americana. O movimento da placa Norte-Americana sobre a placa Farallon em direção ao oeste acabou por consumir esta última, no limite da fossa. Depois, quando o movimento da placa Norte-Americana para oeste provocou seu encontro com a placa do Pacífico, a subducçâo na fossa cessou. A placa Norte-Americana passou por cima da Elevaçâo do Pacífico Leste com suas falhas transformantes, e uma dessas falhas cortou a placa Norte-Ameri­cana, criando a falha de San Andreas.









O nascimento de uma falha

Há cerca de 40 milhões de anos, a placa Farallon estava sendo engolida, em uma fossa ao largo da costa califomiana. Com o passar do tempo, a extremidade setentrio­nal da cordilheira que separava as placas Farallon e Pacífica atingiu a fossa. A própria cordi­lheira entrou em subducção, afundando na fossa, que se tor­nou uma falha transformante.

Com o processo de subduc­ção, a falha foi se expandindo para o sul. Há cerca de 25 mi­lhões de anos, a cadeia foi engolida e a falha atingiu o Golfo da Califómia - que, por sua vez, também começou a se alargar com a continuação da subducção (centro).

A maioria das falhas transfor­mantes percorre distâncias curtas através do oceano, mas a de San Andreas é longa. (Por isso, fre­qüentemente é denominada falha transcorrente.) Como outras fa­lhas transformantes, entretanto, a de San Andreas conecta segmen­tos de duas cadeias mesoceânicas:

A Elevação do Pacífico Leste e a Cordilheira Gorda.






Você poderá gostar também:


Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!


Encontrou o que procurava? O blog lhe foi útil? Então, curta o Yesachei no Facebook!

6 comentários :

LISON COSTA disse... [Responder comentário]

Que Post Fantástico!
Amigo TIMOTEO:
Eu fiz uma verdadeira viagem lendo a sua narrativa sobre a -Falha de San Andreas-. Que aula! Favoritei e vou repassar para os milhos lerem.
Parabéns pelo Post de relevante conteúdo!
Abraços,
LISON.

Elizeu disse... [Responder comentário]

Olá Lison!
Obrigado pelo comentário!
Abraço.

Anônimo disse... [Responder comentário]

e eu pensando que era alguma falha no GTA San Andreas!

Ana Luana disse... [Responder comentário]

Divulgue seus links aqui!

http://migre.me/31T3R

1.000 acessos diários!

Mitto disse... [Responder comentário]

E eu pensando que era alguma falha no GTA San Andreas![2]

mesmo assim, Ótimo post, e excelente vídeo!

ricardo alves da rocha junior disse... [Responder comentário]

http://downloads-upnow.ucoz.com/publ/jogos_de_tiro/gta_grand_theft_auto_san_andreas_rj/2-1-0-108

Postar um comentário

Atenção!

Faça seu comentário, mas sempre com responsabilidade, caso contrário, ele não será publicado!

Não serão aceitos comentários que denigram pessoas, raças, religião, marcas e empresas.

Sua opinião é importantíssima para o crescimento do blog. Portanto, comente, o blog agradece!

2leep.com