Equipes autogerenciadas



O líder deve transferir a coordenação e o controle das atividades para os membros da equipe, promovendo ajustes para manter o equilíbrio, estimulando e oferecendo acesso a novas lideranças, desprendendo-se continuamente de seu poder único para a tomada de todas as decisões. Esse estilo de liderança traz um novo conceito de condução das equipes de trabalho, em que o líder reconhece e admite que as pessoas são capazes e têm competências, possuem um potencial criativo e estão envolvidas com a organização e seus objetivos, além de estarem buscando sempre mais responsabilidades.
 Tais equipes são denominadas de equipes autogerenciadas. Uma equipe autogerenciada é constituída de um grupo íntegro de colaboradores responsáveis por todo um processo ou segmento de trabalho que oferece um produto ou serviço a um cliente interno ou externo. Em níveis diferentes, os membros da equipe trabalham em conjunto para melhorar as suas operações, lidar com os problemas do dia a dia, planejar e controlar suas atividades. Em outras palavras, eles são responsáveis não apenas pela execução do trabalho, mas também por gerenciar a si próprios.
Há duas características marcantes que um líder deve promover na formação de uma equipe autogerenciada. A primeira é que as pessoas trabalhem em conjunto de forma contínua ediária. É, preciso que haja comprometimento com os resultados individuais e organizacionais e que seja instaurado um clima de confiança entre os membros, favorecendo a troca de feedback constante para o desenvolvimento contínuo da equipe; A segunda característica é o envolvÍmento de todos no processo, dando a sensação de "propriedade" do produto ou serviço; provocando uma identidade com a qualidade e a produtividade oferecidas.

A evolução do processo de equipes autogerenciadas e a participação do líder podem ser representadas por meio das seguintes fases:

1ª a fase: estrutura tradicional

O ambiente é desprovido de energização *(empowerment). O líder situa­-se acima do grupo de trabalho e separadamente dele.

2ª a fase: o líder no centro

As informações passam pelo líder, que também serve de canal de comunicação entre a alta direção e o grupo. Existe ainda uma clara distinção entre o que o líder faz e o que as outras pessoas fazem.

3. a fase: transição

O líder delega autoridade para a tomada de decisão sobre atividades básicas. Alguns membros do grupo passam a assumir responsabilidades que tradicionalmente eram do líder.

4ª fase: parceria 

O líder torna-se um parceiro do grupo, que passa a decidir sobre como executar seu trabalho e a assumir responsabilidades e decisões que tradicionalmente eram do líder, aumentando a energização do grupo.

No momento em que a empresa decide adotar as equipes autogerenciadas, torna-se necessário rever a maneira como o trabalho é realizado e modificar diversos sistemas organizacionais para servirem de suporte a essa definição. Todos os colaboradores são importantes para o sucesso da implementação desse modelo. Cada membro da equipe deve ser capaz de compreender e desempenhar todas as tarefas dentro desta, especialmente os líderes. Um dos principais papéis do líder é fomentar a solidariedade da equipe, estimular a reformulação de processos, não esconder os problemas e, por conseguinte, aumentar a produtividade como um todo.

Uma questão crítica a ser considerada no processo de implementação é a transferência da liderança formal para a liderança informal, aquela que surge naturalmente. Porém, essa transformação não ocorre do dia para a noite. É preciso dar tempo para que as habilidades necessárias sejam desenvolvidas e descobertas entre as pessoas que compõem as equipes. O líder de uma equipe autogerenciada é aquele que, em primeiro lugar, troca o eu individual pelo nós corporativo, energizando toda a força de trabalho, aumentando a confiança das pessoas e preparando-as para serem bem-sucedidas.

Empowerment - delegação de autoridade, é uma abordagem a projetos de trabalho que se baseia na delegação de poderes de decisão, autonomia e participação dos funcionários na administração das empresas. O empowerment parte da idéia de dar às pessoas o poder, a liberdade e a informação que lhes permitem tomar decisões e participar ativamente da organização. A utilização de equipes autodirigidas e a adoção de sistemas orgânicos de administração e culturas participativas e abertas nas organizações significam que estas estão tentando difundir e compartilhar o poder com todos os seus membros, abrindo mão do controle centralizado, e isto parece ser a solução viável que promove rapidez, flexibilidade e capacidade de decisão da organização.

Você poderá gostar também:


Ética empresarial
Sucesso e fracasso são temporários: o que permanece é a competência
Interesse por cuidar e motivar pessoas é decisivo para a carreira bem sucedida
Mudança e escolhas
Você faz a diferença?
O "jeitinho brasileiro"
Como ser um bom líder?
Sucesso empresarial
Tendo uma visão global do negócio
Faça o que precisa ser feito!

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!


Encontrou o que procurava? O blog lhe foi útil? Então, curta o Yesachei no Facebook!

4 comentários :

Anônimo disse... [Responder comentário]

Gostaria de saber,se a empresa que adotar esta forma de gerenciamento,tem obrigação de pagar comissão geral da loja para os colaboradors?

Elizeu disse... [Responder comentário]

Olha, eu acredito que não! As empresas fazem no máximo aquilo lhe cabem. Dificilmente a gente vê alguma empresa fazendo além da sua obrigação. Agora se for uma empresa do ramo de vendas, daí sim ele pagará comissão.
Obrigado pela visita!

Anônimo disse... [Responder comentário]

Adorei, muito esclarecedor o conteúdo, de fácil entendimento e bem acessivel para varias pesquisas em diversas áreas!!!

Elizeu Timóteo Pereira disse... [Responder comentário]

Olá!

Fico feliz que tenha gostado!

Obrigado por comentar e volte sempre!

Postar um comentário

Atenção!

Faça seu comentário, mas sempre com responsabilidade, caso contrário, ele não será publicado!

Não serão aceitos comentários que denigram pessoas, raças, religião, marcas e empresas.

Sua opinião é importantíssima para o crescimento do blog. Portanto, comente, o blog agradece!

2leep.com